As Últimas
Publicidade
2 de jun de 2017
Publicidade 2

Ministério Público amplia prazo para decisão sobre a UPA de Friburgo, RJ.

O último prazo estipulado para apresentar o cronograma de ações e cumprir o TAC, terminou na quarta, (31). O Ministério Público do Trabalho prorrogou o prazo até 22 de junho, às 14h.

Por: Nova Friburgo AM

O último prazo estipulado para a Prefeitura de Nova Friburgo apresentar o cronograma de ações para cumprir o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) terminou na quarta-feira (31).

O TAC prevê a contratação de funcionários para a UPA da cidade através de concurso público, alterando o modelo de gestão de Organização Social (OS).
 
Foto: Arquivo/Portal Fri Notícias
O Ministério Público do Trabalho (MPT) recebeu uma documentação do município, pedindo a prorrogação do prazo para o dia 22 de junho.

No final da tarde desta quinta, o Ministério Público emitiu nota autorizando a prorrogação do prazo.

Para pedir a prorrogação do prazo, o município afirmou que os cálculos de impacto orçamentário ainda não puderam ser concluídos por força da segurança jurídica, que deve prevalecer no trato das finanças públicas.

Por isso, segundo a Prefeitura, “foi requerido ao Ministério Público do Trabalho para o dia da audiência administrativa no próprio Ministério”.

O Ministério Público do Trabalho aceitou o prazo até o 22 de junho, às 14h, para a apresentação de uma resposta concreta à proposta de solução.

Em nota, o órgão voltou a afirmar que o município vai ter que romper o contrato com a Organização Social e, com isso, assumir a prestação direta dos serviços de saúde na UPA de Conselheiro Paulino por intermédio de servidores temporários contratados na forma da Constituição Federal, posteriormente substituídos por servidores públicos concursados.

O TAC foi assinado entre o MPT e a prefeitura no ano de 2014. A possibilidade do fechamento da unidade foi anunciado em novembro do ano passado pelo ex-prefeito Rogério Cabral

Na ocasião ele alegou que não tinha como arcar com os custos da unidade, e afirmou que não havia tempo hábil para a realização de concurso público, deixando de cumprir o TAC.
A consequência era uma multa diária de R$ 400 mil. Um acordo assinado entre prefeitura e MPT em dezembro de 2016 suspendeu por 90 dias o fechamento da unidade.

Em março deste ano, a atual gestão do prefeito Renato Bravo se comprometeu a entregar um cronograma de ações até esta quinta-feira (31), apontando soluções para cumprir o TAC.

A unidade, que fica em Conselheiro Paulino, tem 143 funcionários terceirizados e atende cerca de dez mil pessoas por mês, segundo informações da prefeitura.
Publicidade 2
  • Comentários
  • Comentários no Facebook
Item Reviewed: Ministério Público amplia prazo para decisão sobre a UPA de Friburgo, RJ. Rating: 5 Reviewed By: Portal Fri Notícias