As Últimas
Publicidade
31 de mar de 2014
Publicidade 2

TRT determina que 30% da Educação volte ao trabalho em Friburgo, RJ

Liminar foi expedida nesta segunda-feira (31). Descumprimento da decisão resulta em multa de R$ 50 mil contra o Sepe.


O presidente do TRT-RJ, desembargador Carlos Alberto Araujo Drummond, concedeu, na manhã desta segunda-feira (31), liminar  à Prefeitura de Nova Friburgo,  RJ, determinando o retorno às atividades de pelo menos 30% de professores e pessoal de apoio da rede municipal, em greve desde o dia 13 de março. O descumprimento da decisão, que tem eficácia imediata, acarretará multa diária de R$ 50 mil contra o Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio de Janeiro (Sepe).

Como não houve acordo entre o Sepe e os representantes da prefeitura na audiência de conciliação realizada pela manhã na Seção Especializada em Dissídios Coletivos do TRT/RJ (Sedic). O desembargador abriu, ainda, prazo de 48 horas para que o sindicato apresente contestação. Nesta quinta-feira (3), às 11h, também na Sedic, haverá a última tentativa de conciliação entre as partes. Caso o impasse continue, as reivindicações da categoria irá a julgamento.

A principal reivindicação dos profissionais é o reajuste de 30% sobre o valor do piso salarial (atualmente de R$ 925,00). Professores e pessoal de apoio também pedem a retomada das negociações do plano de cargos e salários para o pessoal de apoio, que correspondem a 80% dos servidores municipais na Educação. Atualmente,  apenas os professores estatutários estão enquadrados no plano.

A audiência desta segunda-feira na Sedic contou com a presença do prefeito de Nova Friburgo, Rogério Cabral.


Fri notícias/G1.com
Publicidade 2
  • Comentários
  • Comentários no Facebook
Item Reviewed: TRT determina que 30% da Educação volte ao trabalho em Friburgo, RJ Rating: 5 Reviewed By: Portal Fri Notícias