As Últimas
Publicidade
23 de jun de 2017
Publicidade 2

Saúde: Saiba como se proteger das doenças respiratórias na estação mais fria do ano.

Com a chegada do inverno na última quarta, (21), aparecem também as infecções das vias respiratórias que têm maior facilidade de ocorrer nesta época do ano.

Por: Redação

As infecções das vias respiratórias têm maior facilidade de ocorrer no inverno, que começou nesta quarta-feira (21) e vai até 22 de setembro. Muitas delas são agravadas por alergias. E o motivo é que, em temperaturas mais baixas, o confinamento comum nessa época do ano favorece a propagação dos vírus e a contaminação, como explica o infectologista Paulo Cesar Guimarães.

Médico Paulo Cesar Guimarães. (Foto: Divulgação)
“Tanto em casa, como nas creches, escolas e ambientes de trabalho, costumamos ficar em ambientes fechados, sem ventilação, e isso se acentua nos dias frios, aumentando a propagação dos vírus”, diz o especialista, que é diretor da Faculdade de Medicina de Petrópolis (FMP/Fase).

Ele cita como as infecções respiratórias mais comuns a rinite, a rinossinusite, amigdalites e otites, nas vias aéreas superiores; e as pneumonias, broncopneumonias, bronquiolites e síndrome respiratória aguda grave (influenza), nas vias aéreas inferiores. 

Crianças, adultos e idosos podem se proteger de gripes e outros males à saúde típicos do frio com uma medida simples: lavar as mãos regularmente, para evitar o contágio. 

De acordo com o infectologista, pessoas de todas as faixas etárias também devem seguir o calendário de vacinação do governo, da Sociedade Brasileira de Pediatria e da Sociedade Brasileira de Imunizações. Paulo Cesar Guimarães desmente o boato de que a vacina da gripe seria capaz de causar a doença. 

“A vacina contra a gripe é produzida com vírus inativado e fracionado. Em outras palavras, é com vírus morto, sendo assim não pode provocar a doença gripe. É comum algumas pessoas dizerem que tomaram a vacina e, dias depois, estavam gripadas. Na grande maioria das vezes não se trata de gripe e, sim, resfriado, que pode ser provocado por vários vírus e não pelo influenza”, esclarece o médico e professor.  

No caso específico das crianças, além do confinamento, ele chama atenção para o fato de muitas delas terem rotina excessiva de atividades. “Muitas crianças têm agenda e vida social incompatíveis com a idade. Ficam cansadas e isso pode afetar a imunidade. 

Além disso, ficam expostas à convivência em muitos grupos, o que aumenta as chances de contágio”, explica Paulo Cesar Guimarães, que é membro do Comitê de Infectologia da Sociedade de Pediatria do Estado do Rio de Janeiro.

O que diferencia a gripe do resfriado é a intensidade de sintomas e o local das vias respiratórias afetadas. Em geral, nos quadros de gripe os sintomas são mais intensos e no resfriado são mais leves e têm uma menor duração. 

Na gripe pelo vírus influenza a agressão pulmonar é frequente, com a Síndrome Respiratória Aguda Grave, frisa o diretor da Faculdade de Medicina de Petrópolis. Ele recomenda especial atenção nos casos de infecções das vias aéreas no inverno: 

“É importantíssimo buscar um serviço de saúde, para que o diagnóstico e a conduta terapêutica sejam realizados o mais breve possível.”
Publicidade 2
  • Comentários
  • Comentários no Facebook
Item Reviewed: Saúde: Saiba como se proteger das doenças respiratórias na estação mais fria do ano. Rating: 5 Reviewed By: Portal Fri Notícias