WhatsApp

Com 100% de ocupação em leitos dos hospitais, Rio das Ostras, RJ, fecha áreas de lazer e mantém barreiras sanitárias.

Com novo decreto, bares, quiosques, depósitos de bebidas, restaurantes, lanchonetes, pizzarias e similares ficam fechados. Praias também são proibídas.

Por Redação Portal Fri Notícias em 24/03/2021 às 17:32:22
Rio das Ostras tem barreiras sanitárias para conter turistas. (Foto: Cláudio Pacheco)

Rio das Ostras tem barreiras sanitárias para conter turistas. (Foto: Cláudio Pacheco)

Com o objetivo de conter o avanço da COVID-19 e tentar reduzir a taxa de leitos dos hospitais, que no momento está com 100% de ocupação, a Prefeitura de Rio das Ostras, RJ, publica novo decreto com regras mais restritivas para o combate da doença.

Além da alta taxa de ocupa√ß√£o, executivo teme um colapso no sistema funer√°rio. Por conta disso, um novo decreto publicado na última segunda-feira, (22), imp√Ķe regras mais pesadas no município.

De acordo com o novo decreto, bares, quiosques, depósitos de bebidas, restaurantes, lanchonetes, pizzarias e similares, pra√ßas, lagoas, lagos, rios, parques e mirantes, academias, estúdios, similares e afins, est√£o proibidos. As restri√ß√Ķes também incluem as praias, onde n√£o ser√° permitida a perman√™ncia.

Manifesta√ß√Ķes religiosas presenciais dentro de templos de qualquer natureza também est√£o proibidas. Os cultos, missas ou qualquer manifesta√ß√£o religiosa pode ser realizado de forma online.

A√ß√Ķes de fiscaliza√ß√£o, com equipes da Coordenadoria Geral de Fiscaliza√ß√£o e Postura (Comfis), do Grupamento de Opera√ß√Ķes Especiais (GOE) da Guarda Civil Municipal e da Polícia Militar ser√£o realizadas com objetivo de conter turistas por conta do "superferiad√£o" no Rio de Janeiro, aprovado pela Alerj nesta ter√ßa, (23).

O Decreto n¬ļ 2821/21 também assegura o cumprimento do poder de polícia, da Constitui√ß√£o Federal e da Lei Org√Ęnica do Município, e garante ao Poder Executivo a ado√ß√£o de medidas mais restritivas, na defesa da vida e da saúde dos munícipes, diante do quadro de absoluto caos sanit√°rio.

Mesmo com o encaminhamento à Administra√ß√£o do Decreto Legislativo n¬ļ 770/2021, que pretendia afastar as restri√ß√Ķes adotadas em atos do Poder Executivo e autorizar o funcionamento das academias e afins, além das manifesta√ß√Ķes religiosas dentro de templos, ficam mantidas as restri√ß√Ķes.

De acordo com a Prefeitura, todas as medidas adotadas pelo Poder Executivo seguem rigorosamente o Plano Municipal de Combate à Covid-19, que tem suas provid√™ncias decididas de forma coletiva, semanalmente, pela Comiss√£o Municipal de Enfrentamento da Covid, composta por autoridades municipais e membros do Ministério Público, além de servidores especialistas em medicina sanit√°ria municipais e estaduais.

Ao passar pela barreira, todos precisam comprovar o porque da entrada no município. (Foto: Celso √Āvila)

Barreiras Sanit√°rias

As barreiras sanit√°rias seguem durante este período. Método foi adotado desde o último s√°bado, (20), em parceria com o município de Casimiro de Abreu.

As barreiras funcionam em todos os acessos de Rio das Ostras, que intercepta veículos vindos da BR-101; e na descida da ponte sobre o Rio S√£o Jo√£o, em Barra de S√£o Jo√£o, distrito de Casimiro de Abreu, por onde passam veículos vindos pela RJ 106. Todos os veículos s√£o parados e os motoristas e passageiros passam por uma avalia√ß√£o da equipe da Saúde

Somente moradores com comprovante de resid√™ncia, trabalhadores com comprova√ß√£o, pacientes com consultas devidamente comprovadas, audi√™ncias em tribunais (apresentar cita√ß√£o/intima√ß√£o), atendimento em órg√£os públicos com comprovante de agendamento, profissionais da √°rea de Saúde e Seguran√ßa em servi√ßo, com as devidas comprova√ß√Ķes, veículos oficiais em servi√ßo e ambul√Ęncias ter√£o permiss√£o para passar nas barreiras.

Comunicar erro
Publicidade Anuncie

Coment√°rios

WhatsApp