Quinto romance de George dos Santos Pacheco revela-se um nostálgico painel do passado da vida cotidiana friburguense

Obra escrita em parceria com a historiadora Janaína Botelho é um romance histórico recheado de suspense

Por Redação Portal Fri Notícias em 04/03/2022 às 15:47:53

Após quatro romances, participações em antologias e alguns prêmios literários, George dos Santos Pacheco publica O fabuloso Dr. Palhares (Clube de Autores, 2022), em parceria com a historiadora Janaína Botelho.

Em O fabuloso Dr. Palhares,personagens reais e fictícios passam por espaços e vivenciam situações realmente verídicas. A trama tem como pano de fundo uma Nova Friburgo no final do século 19, momento em que a sociedade brasileira passa por profundas transformações políticas, sociais e culturais.

Dr. Afonso Palhares, cinquentenário e casmurro, que orgulhosamente garantiu para si o notório epíteto de fabuloso, apaixona-se perdidamente pela jovem Helena Pedrosa, a quem o pai pretende casar com ninguém menos que o Conde de Nova Friburgo. Ameaçado por um homem torpe e sem escrúpulos, Palhares encontra abrigo confidenciando-se por cartas com o amigo Theodoro Gomes. Angustiado, mas tomado de uma grande obstinação, fará de tudo para viver o seu amor e não permitirá que nada nem ninguém atravesse o caminho dos dois.

Em uma narrativa impecável, a obra é um romance impactante sobre relações de poder, amizade e amor, abrindo margem para dúvidas e possibilidades veladas nas entrelinhas.

Os autores – a surpreendente dupla George dos Santos Pacheco e Janaína Botelho – desfiam um enredo enigmático e de época, paradoxalmente contemporâneo. A união entre o estilo de Pacheco e o conhecimento histórico de Janaína Botelho captura o leitor desde a primeira página. Editado pelo Clube de Autores, o livro tem previsão de lançamento para abril deste ano.

Sobre os autores

George dos Santos Pacheco

Nasceu em Nova Friburgo em 07 de outubro de 1981. É autor de onze livros, entre eles o aclamado thriller de suspense O Pacto, tendo estrado na ficção com o romance O fantasma do Mare Dei, em 2010. Membro da Academia Friburguense de Letras e laureado em diversos concursos literários, também escreveu os livros de contos Sete - Contos Capitais, Tarde demais para Suzanne, o infantil As aventuras de Frog, o ratinho, o erótico Uma Aventura Perigosa, além da autoficção O mundo é pequeno demais para nós dois, e teve seu conto A Dama da Noite adaptado para um curta metragem homônimo. Em 2017 e 2018, organizou a antologia Nova Friburgo: Contos, Crônicas, e Declarações de Amor.

Janaína Botelho

É historiadora, escritora, jornalista, professora universitária e poetisa, autora dos livros O cotidiano de Nova Friburgo no final do século XIX: Prática e Representações Sociais e História e memória de Nova Friburgo. É a primeira historiadora a assumir a presidência da Academia Friburguense de Letras (AFL), com a missão de conduzir o espaço de trocas de experiências e pesquisas, zelando pela história e preservando os acervos de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio. Como colaboradora, integrou os livros Teia Serrana II, Memórias do legislativo Friburguense e escreveu em parceria com a autora Thereza MalcherCampitelli o infantojuvenilO Zum ZumZum das Montanhas. Na área audiovisual, Janaína assina argumentos e produz documentários sobre a história da Região Serrana Fluminense.

Serviço:

O fabuloso Dr. Palhares, de George dos Santos Pacheco e Janaína Botelho

Clube de Autores

https://www.clubedeautores.com.br/

Comunicar erro
Banner Anuncie Fri 1Abaixo post

Comentários

Whatsapp 2022 banner 3 Todas telas