As Últimas
Publicidade
10 de jun de 2018
Publicidade 2

Vigilância Sanitária de Petrópolis, RJ, reforça fiscalização contra venda de leite incriminado


Fiscais visitaram nove estabelecimentos e não foram encontrados produtos dos lotes condenados

Por: Redação

A Coordenadoria de Vigilância Sanitária (Covisa) inutilizou, em um hotel do Centro, 30 litros de leite da marca Godam, que estavam entre os lotes incriminados pela Vigilância Sanitária estadual. A ação aconteceu durante a Operação Cupido, realizada pela Covisa em parceria com o Procon Petrópolis, que visa inspecionar estabelecimentos durante o período do Dia dos Namorados.
 
Fiscalização percorre estabelecimentos de Petrópolis, RJ. (Foto: Divulgação)
“Fomos aos estabelecimentos para tomar as providências devidas e determinadas pela Vigilância Sanitária estadual. Dois lotes já incriminados, se achados ainda a venda nos mercados, devem ser inutilizados de pronto. A população não deve comprar ou consumir esses produtos”, frisa a coordenadora de Vigilância Sanitária, Dayse Carvalho.

A marca é suspeita de adicionar 44% de água na composição de cada caixa de leite, de acordo com análises da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento. Além disso, os lotes analisados foram vendidos com taxa de gordura de 0,26%, quando o índice mínimo exigido para o leite integral é de 3%. A fábrica, que fica na cidade de Sapucaia, foi fechada na quarta-feira (06.06) pela Polícia Civil.
 
Agentes da Vigilância Sanitária durante fiscalização. (Foto: Divulgação)
A Vigilância Sanitária visitou 12 estabelecimentos desde a quinta-feira (07.06), sendo nove mercados, dois hotéis e um motel. Não foram encontrados produtos dos lotes condenados nas outras visitas. Os fiscais fizeram três coletas para análise laboratorial e três termos de apreensão. A empresa produtora do leite, a Godiva Alimentos Ltda, foi multada e o responsável indiciado por crime contra a relação de consumo, cuja pena prevista é de dois a seis anos de prisão.

“Nossos fiscais estão orientando devidamente e indo aos mercados para as providências, tendo a operação começado nesta quinta. Se encontrarmos mais lotes incriminados nos estabelecimentos, eles serão apreendidos em depósito, sendo proibida a venda até os laudos laboratoriais a serem emitidos pelo laboratório da Secretaria de Saúde do estado”, completa Dayse.

Esta ação reforça o trabalho desenvolvido pela Vigilância Sanitária na prevenção dos riscos à saúde da população. Só de janeiro a abril de 2018, a Coordenadoria efetuou 716 inspeções a estabelecimentos, 33 a mais que o mesmo período do ano passado. Foram apuradas, ainda, 118 denúncias de irregularidades. Na Operação Cupido, os órgãos estão fiscalizando hotéis, motéis, restaurantes, perfumarias e lojas de chocolates com o objetivo de prevenir os riscos aos consumidores em relação aos presentes mais comprados nessa época, pelo Dia dos Namorados. Serão vistoriados segmentos de negócio que necessitam de licenciamento sanitário anual e monitoramento da Covisa.

“Mais uma vez a Vigilância Sanitária de Petrópolis está em ação conjunta com o Procon na defesa do consumidor e da prevenção dos riscos à saúde da população. É uma forma de alertar a todos para o que precisa ser observado na aquisição dos presentes. Até os cosméticos e perfumes precisam estar dentro dos prazos de validade, para não causar danos à pele, alergias, dentre vários outros problemas. São empresas que comercializam produtos e ofertam serviços, no caso da hotelaria, assim como os alimentos merecem a atenção na escolha e compra, bem como recebem o monitoramento por parte da Vigilância Sanitária até mesmo para a fabricação”, explica a coordenadora de Vigilância Sanitária.


Publicidade 2
  • Comentários
  • Comentários no Facebook
Item Reviewed: Vigilância Sanitária de Petrópolis, RJ, reforça fiscalização contra venda de leite incriminado Rating: 5 Reviewed By: Portal Fri Notícias