As Últimas
Publicidade
18 de jun de 2018
Publicidade 2

UrbanHacking, reúne atrações artísticas, musicais, turísticas e gastronômicas pela primeira vez em Nova Friburgo, RJ


Programação que contará com atividades intensas de lazer, cultura, economia criativa e entretenimento, acontecerá no dia 24 de junho na Praça do Suspiro. Evento será aberto ao público.

Por: Redação

Apresentações artísticas, musicais, informações turísticas, degustação e apresentação de projetos sociais durante o dia inteiro, e tudo inteiramente grátis e aberto ao público.Essa é a proposta de algumas das atrações previstas na programação de estreia do UrbanHacking, que acontece no dia 24 de junho (domingo), das 9h às 18h, na Praça do Suspiro, em Nova Friburgo.A abertura oficial do evento contará com a presença de autoridades municipais, empresas e entidades que representam o trade turístico local e instituições de outros segmentos além, é claro, da população e os turistas presentes na cidade.



De acordo com a coordenadora regional do Sebrae/RJ, Fernanda Gripp, realizadora do evento, a ação propõe ocupar espaços públicospromovendo uma interação da população e dos visitantes com as atrações e serviços que estarão sendo oferecidos no local, por meio de ações de lazer, cultura, economia criativa e entretenimento. 

“O UrbanHacking tem como proposta reutilizar ou revitalizar locais de uso comum nas áreas urbanas, que visa contribuir significativamente na articulação de lideranças e empresários locais no que se refere ao aprimoramento de um cenário favorável aos negócios junto à população e aos turistas por meio de lazer, economia criativa e entretenimento.

 Os espaços públicos utilizados geralmente são locais transformados,seja para manter sua atividade original ou para adquirir um novo significado por meio de um legado que sempre é deixado por onde o UrbanHacking passa.Este é um movimento que vem ganhando cada vez mais espaço no Brasil e que acredito que será muito proveitoso para nossa população e para os turistas que visitarem o evento”, destaca.

Ainda segundo a coordenadora, o Sebrae/RJ, por meio da realização do UrbanHacking, tem como objetivo fomentar ações que possam contribuir para o desenvolvimento e melhoramento do ambiente de negócios para as empresas locais, ainda mais no que se refere aos pequenos negócios, que correspondem a mais de 60% das atividades econômicas da região.

As atividades previstas no UrbanHacking incluem:

- Divulgação de Roteiros Turísticos;
- Aulão, avaliação física e corporal da terceira idade;
- Serviços de Saúde à Comunidade;
- Caminhada turística;
- Oficina de plantio de ervas aromáticas;
- Oficina de plantio de sementes da flora regional;
- Oficinas de Sustentabilidade;
- Apresentação musical em homenagem aos 200 anos de Nova Friburgo;
- Degustação gastronômica e de chocolates;
- Trupe de palhaços;
- Recreação Infantil;
- Observação do céu com telescópios;
- Shows, entre outras atrações.

O UrbanHacking é uma realização do Sebrae/RJ como parte das ações previstas no projeto Destino Turísticos Inteligentes (DTI), lançado pela instituição em agosto do ano passado e que conta com a parceira da Prefeitura de Nova Friburgo, Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Nova Friburgo (Acianf) e ConventionVisitors& Bureau, Circuito Rural de Amparo e Associação Comercial de São Pedro da Serra e representantes dos segmentos da Gastronomia, Hotelaria, Agências de Turismo, Organizadores de Eventos, entre outros.Também conta com o apoio da Secretaria de Estado de Turismo (Setur), Companhiade Turismo do Estado do Rio de janeiro (TurisRio).

Legado

A realização doUrbanHacking, além de ser uma iniciativa que promove a cidade junto à população e aos turistas com entretenimento, cultura, saúde, sustentabilidade, também destaca o comércio, os produtos e as atividades turísticas locais. Mas o mais importante é o legado que o evento deixará para Nova Friburgo.

Entre os benefícios que ficarão para a cidade, principalmente no local de realização do evento, que é a Praça do Suspiro, estão:

- Internet liberada para acesso durante a após o evento;
- Projeto paisagístico para o local;
- Reconstrução e manutenção dos jardins;
- Iluminação do Morro da Cruz e da Fonte do Suspiro;
- Doação de parque Infantil e bancos para a praça;
- Colocação de um termômetro na praça, com características que definem Nova Friburgo (com objetivo de se tornar um referencial turístico na cidade).

Destinos Turísticos Inteligentes

Oprojeto DTI tem como objetivo promover o desenvolvimento de inovações no Turismo e a participação qualificada das lideranças empresariais nas governanças do setor, além de um ambiente de negócios favorável aos pequenos negócios de Turismo. Está baseado em quatro eixos: Governança - Tecnologia – Experiência – Sustentabilidade.

Ou seja, para ser considerado destino inteligente, é preciso ter um espaço turístico inovador e dispor de tecnologia de ponta, ser focado no desenvolvimento sustentável e saber gerir os recursos de forma eficiente.

Com isso, esses locais garantem mais competitividade ao setor e possibilitam experiências de qualidade aos turistas, porque além de integrados, também são interativos.
O Destinos Turísticos Inteligentes (DTI) é realizado em diversas regiões do estado. É uma proposta do Sebrae/RJ para oferecer ao visitante a melhor experiência turística, promovendo a interação do turista com o destino, por meio de tecnologias inovadoras, governança  e sustentabilidade.

Um aplicativo desenvolvido pelo Sebrae: o “Tour da Experiência”, também é um aliado dos empresários na divulgação dos destinos.

Iniciado em agosto do ano passado, o projeto é desenvolvido em etapas e desde então já promoveu oficinas de capacitação e de gestão. A realização do UrbanHacking,émais um evento previsto pelo projeto, de uma série de outros que ainda serão programados.

Também serão promovidas outras oficinas e workshops ao longo do próximo ano, a fim de capacitar os participantes para que possam oferecer estruturas turísticas diferenciadas e assim facilitar a interação e a integração do visitante antes, durante e depois da viagem. 

O que é o UrbanHacking

Um movimento que vem ganhando cada vez mais espaço no Brasil é o UrbanHacking, que está relacionado à forma de reapropriar os espaços de modo criativo, por meio de intervenções artísticas. 

Espaços públicos reapropriadossão uma ótima oportunidade para atrair pessoas. Seja em grandes centros ou mesmo em pequenas cidades do interior, a utilização de locais como esses têm chamado a atenção de empreendedores e do poder público.

A ocupação de espaços públicos pode ser definida como a reutilização e a revitalização de locais de uso comum nas áreas urbanas, que visa uma maior interação da população e dos visitantes por meio de lazer, economia criativa e entretenimento. Em sua maioria, os espaços públicos são locais históricos transformados, seja para manter sua atividade original ou para adquirir um novo significado.

A partir da utilização inteligente de locais públicos que já possuem circulação de pessoas, a cadeia de turismo local pode se preparar para o fomento de negócios da região. Incentivando as redes de gastronomia, lazer, entretenimento, hospedagem ou qualquer outro negócio ligado ao turismo, existem diversas oportunidades em decorrência dos projetos inteligentes de ocupação.

Em vista disso, o Boletim de Inteligência do Sebrae oferece exemplos de ocupação dos espaços públicos, destacando as possibilidades para os empreendedores do segmento turístico que desejam aproveitar o ensejo para gerar negócios.

Nele, é possível conhecer, entre outros temas:

·   Exemplos de ocupação inteligente no Brasil e no mundo;
·   O projeto governamental Minha Cidade Inteligente;
·   Os negócios impactados pela ocupação inteligente;
·   Ações recomendadas.

Confira a Programação:


Publicidade 2
  • Comentários
  • Comentários no Facebook
Item Reviewed: UrbanHacking, reúne atrações artísticas, musicais, turísticas e gastronômicas pela primeira vez em Nova Friburgo, RJ Rating: 5 Reviewed By: Portal Fri Notícias