As Últimas
Publicidade
21 de mai de 2018
Publicidade 2

Unimed Petrópolis, RJ, fortalece as ações para captação de doadoras para Banco de Leite do Hospital

Equipes intensificam as iniciativas de incentivo à amamentação e acolhimento às puérperas. Unidade realiza coleta do leite à domicílio e reforça apelo para novas doadoras

Por: Redação

Referência em Petrópolis e certificado pelo Ministério da Saúde, o Hospital Unimed foi pioneiro em toda a Região Serrana com a implantação do Banco de Leite da unidade. 

A assistência às puérperas (até 45 dias após o parto) e o acolhimento prestado no período pós-alta hospitalar, proporcionou ao hospital, o selo ouro da Rede de Banco de Leite Humano (BLH), do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz).

Banco de Leite no Hospital Unimed de Petrópolis, RJ. (Foto: Divulgação)
Intensificando as ações de acolhimento às gestantes desde o pré-natal, a equipe do Banco de Leite do hospital vem reforçando as estratégias de divulgação do serviço, a fim de buscar novas doadoras para a unidade. O Banco de Leite é fundamental para abastecimento da UTI Neonatal do hospital e os estoques estão em baixa.

“Nos primeiros meses de vida, não há alimento melhor e mais completo para o bebê do que o leite materno. Além de suprir todas as necessidades nutricionais, ele ainda ajuda na formação do sistema imunológico, a prevenir alergias e intolerâncias, entre muitas outras vantagens que podem fazer toda a diferença no desenvolvimento da criança. 

Nosso compromisso é manter a qualidade do nosso acolhimento às gestantes desde o pré-natal e prestar toda a assistência necessária para que as mães possam esclarecer todas as dúvidas quanto a amamentação dos seus filhos e estimular a doação daquelas que produzem o leite em excesso”, afirma o presidente da Unimed Petrópolis, Rafael Gomes de Castro.

A analista judiciária, Tatiana Vetter, 40 anos, teve o pequeno Murilo na manhã da última quinta-feira (17). Além da preocupação de saber se a criança iria conseguir mamar, Tatiana também tirou algumas dúvidas sobre o processo de doação de leite humano junto à equipe do Banco de Leite do hospital.

“Eu achei muito importante esse trabalho e confesso que estava muito preocupada, pois é o meu primeiro filho. Então não sabia se tinha leite o suficiente, se ele iria conseguir mamar, mas a equipe foi muito atenciosa. Eu não sabia que no hospital tinha um Banco de Leite então foi uma grata surpresa e sei o quanto a doação é importante para ajudar muitas mães que não conseguem amamentar. O hospital está de parabéns pela iniciativa”, avalia.

Paciente Tatiana Vetter ajudada pela enfermeira durante amamentação. (Foto: Divulgação)

Banco de Leite reforça estratégias para captação de novas doadoras

Em 2017 foram realizados 565 atendimentos individuais no Banco de Leite do hospital, que presta desde as orientações básicas de como amamentar o recém-nascido até a captação de doadoras de leite humano. No ano passado 271 litros de leite humano beneficiaram diversas crianças com um simples o ato de solidariedade das doadoras que buscaram a Unimed Petrópolis.

Embora o número de atendimentos em 2017 impressione, a responsável técnica do Banco de Leite Humano do hospital, Glaucimar Campos Papa, afirma que é necessário um número ainda maior de doações, já que a quantidade recebida atualmente é destinada apenas aos recém-nascidos da UTI Neonatal.

“O que precisamos destacar é que para ser doadora a mãe precisa estar com excesso na produção do leite. Então é realizada uma avaliação e cadastro para que elas possam doar o leite conforme determina nosso protocolo de doação. Atualmente nós temos cinco doadoras ativas que provavelmente nos abastecerá por até dois meses. A doação é gratuita, voluntária e inclusive realizamos coleta domiciliar conforme agendamento prévio”, destaca.
Quem pode doar e como se cadastrar?                                     

Para ser doadora é preciso estar saudável, amamentando e produza mais leite do que o necessário para o seu bebê pode se tornar uma doadora. Basta entrar em contato com o Banco de Leite da Unimed Petrópolis pelo telefone (24) 2291-9846 de segunda a sexta-feira de 8 às 17h e manifestar o desejo de doar. 

Depois, é só preencher um cadastro dando informações sobre o pré-natal e situação atual, alegando se toma algum medicamento, fuma ou se tem algum problema de saúde. Uma vez considerada apta, a doadora será orientada sobre como fazer a coleta em casa (se preferir) ou então será encaminhada para fazer a doação direto no banco de leite.
Publicidade 2
  • Comentários
  • Comentários no Facebook
Item Reviewed: Unimed Petrópolis, RJ, fortalece as ações para captação de doadoras para Banco de Leite do Hospital Rating: 5 Reviewed By: Portal Fri Notícias