As Últimas
Publicidade
28 de mai de 2018
Publicidade 2

Gabinete de crise reúne secretarias, empresas de ônibus, PM e PRF em Petrópolis, RJ.


Ônibus voltam hoje com 70% da frota.  Lixo opera com 20 caminhões.
Aulas ainda suspensas nesta terça-feira (29)


Por: Redação

O prefeito Bernardo Rossi reuniu na manhã desta segunda-feira (28), o Gabinete de Crise com todas as pastas da Prefeitura e ainda Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, empresas de ônibus, coleta de lixo e concessionária Águas do Imperador. Novas operações foram colocadas em prática, ainda na madrugada, para que os serviços essenciais à população sejam restabelecidos. Novas operações serão definidas a partir do desenrolar da crise de desabastecimento.
 
Gabinete da Crise reuniu várias secretarias em Petrópolis, RJ. (Foto: Ascom PMP)
“Importante a união neste momento e decisões que são tomadas par e passo aos acontecimentos. A meta é garantir os serviços essenciais e atuar para que tudo volte à normalidade no menor tempo possível”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

O primeiro setor a iniciar restabelecimento é o de transporte público. Empresas de ônibus tiveram tanques escoltados de madrugada para chegar a Petrópolis. Já há combustível, mas para garantir circulação de ônibus por mais tempo – até que greves e bloqueios acabem em definitivo – haverá racionamento.

Nesta segunda-feira (28), agora no segundo turno, os ônibus que operaram de manhã em horário de domingo, passam a rodar com a frota de sábado, que significa 70% dos veículos em operação.  Este sistema vai ser mantido até segunda ordem, de acordo com estoques de combustíveis que puderem ser feitos.  O estoque hoje das empresas, com a operação sendo adotada com horários de sábado, pode ser sustentada até o fim da semana.

A coleta de lixo já opera com 20 dos 24 caminhões normalmente usados e as empresas de ônibus vão ceder combustível para garantir a frota da Força Ambiental até que a empresa regularize.

A Saúde manterá todos os atendimentos, entre postos de saúde, hospitais e UPAs.  Cirurgias eletivas, consultas e exames também estão mantidos. A prefeitura também está atuando para que carros de médicos e demais profissionais da saúde tenham prioridade no abastecimento nos postos.

PRF e PM farão escolta de tanques para abastecer os ônibus, veículos de serviços e ambulâncias. Os carros da PM estão com abastecimento normal e a segurança na cidade está garantida.

Já as aulas na rede municipal ainda continuam suspensas nesta terça-feira (29.05).  A suspensão das aulas tem duas funções: o diesel dos 19 ônibus escolares cerca de 700 litros foram transferidos para a frota de ambulâncias, mantendo em dia este serviço de emergência. A suspensão das aulas também foi adotada para garantir a segurança dos estudantes visto que com menos ônibus em circulação as crianças e adolescentes saem de sua rotina de transporte e ficam sujeitos a permanecer mais tempo na rua à espera de transporte.

Todas as repartições públicas continuam funcionando normalmente, porém a frota de carros administrativos estará 100% recolhida aos pátios (com exceção de Saúde, Defesa Civil e Assistência Social), com o combustível restante reservado para questões emergenciais, preferencialmente da Saúde.

Além do presidente da Câmara, Roni Medeiros, e de vereadores, participaram da reunião o inspetor da PRF, Erlei Molter e o comandante do 24º BPM, Oderlei Santos. Também estiveram presentes representantes das empresas permissionárias de transporte, empresa que opera coleta de lixo e concessionária Águas do Imperador.


Publicidade 2
  • Comentários
  • Comentários no Facebook
Item Reviewed: Gabinete de crise reúne secretarias, empresas de ônibus, PM e PRF em Petrópolis, RJ. Rating: 5 Reviewed By: Portal Fri Notícias