As Últimas
Publicidade
11 de ago de 2017
Publicidade 2

Reunião promovida pelo Sebrae marca o início do Programa Cidades Empreendedoras em Nova Friburgo, RJ.

Diagnóstico mapeará o perfil do ambiente empresarial da cidade, que competirá com outros 10 municípios do estado.

Por: Redação

O Sebrae/RJ promoveu, nesta sexta-feira (11), a primeira reunião do Comitê Gestor do Programa Cidades Empreendedoras em Nova Friburgo. A cidade está entre as 11 participantes do estado, que realizaram o Diagnóstico do Ambiente Empresarial da cidade para, desta forma, começar a pontuar na ferramenta, que é elaborada em formato de game. 

Primeira reunião do Comitê Gestor do Programa Cidades Empreendedoras em Nova Friburgo, RJ, aconteceu nesta sexta, (11). (Foto: Divulgação)
Com o Diagnóstico, o município deu o primeiro passo para que sejam criadas e implantadas políticas públicas voltadas para micro e pequenas empresas, melhorando assim o ambiente empresarial da cidade. Com quase 185 mil habitantes, Nova Friburgo conta hoje com cerca de 5.761 empresas de pequeno porte e 8.213 MEIs, que equivalem a 58% dos negócios da cidade.

Para Walter Thuller, subsecretário de Desenvolvimento Econômico, aproveitar a oportunidade de aprimorar o município para os empreendedores é prioridade: “Quando aderimos a este projeto, assumimos uma série de responsabilidades. 

Estamos ressaltando, junto a nossas secretarias, a importância de cada um neste processo para tornarmos nossa cidade ainda mais empreendedora. Nós já avançamos neste contexto, mas ainda há espaço para melhorar. Esta missão não é só de uma pessoa ou secretaria, é de todos nós da prefeitura. Contamos com o comprometimento de todos e com o apoio do Sebrae para que o friburguense colha os resultados o mais rápido possível”, declarou.

Fernanda Gripp, coordenadora do Sebrae/RJ Nova Friburgo, acredita que os benefícios do Programa serão visíveis para os habitantes do município ainda neste ano: “A iniciativa pode proporcionar para os empresários um ambiente empresarial saudável. Pretendemos atrair, em todos os aspectos, negócios para Nova Friburgo. Isto não depende exclusivamente do Sebrae. 

A cidade já possui leis implementadas que incentivam empreendimentos, entretanto, outras medidas são necessárias. Nova Friburgo precisa sinalizar, com atitudes concretas, que é o lugar certo para empreender. O prefeito já embarcou nesta ideia e tenho certeza que toda sua equipe estará engajada no mesmo sentido. O Programa Cidades Empreendedoras deixará um excelente legado para o povo friburguense”, explicou.

A primeira fase do programa, iniciada hoje, será finalizada em dezembro. Estão previstas reuniões mensais de acompanhamento, consultorias e levantamento de evidências. Todos os integrantes do Comitê Gestor poderão acompanhar a participação do município no Programa através da ferramenta de Gestão e Monitoramento, cujo acesso será disponibilizado pelo Sebrae/RJ. O programa será encerrado no final de 2018, quando o Sebrae/RJ fará o acompanhamento das ações implantadas pelo município.

O Programa

O Cidades Empreendedoras é uma iniciativa inédita do Sebrae/RJ desenvolvida em 11 municípios do estado do Rio de Janeiro que vai engajar a gestão pública e lideranças locais, através de um game, para que sejam criadas e implantadas políticas públicas voltadas para micro e pequenas empresas, melhorando assim o ambiente empresarial das regiões.  

O Comitê Gestor, formado por secretários municipais de governo, fazenda, administração, planejamento, saúde, meio ambiente, educação, agentes de desenvolvimento, procuradoria, controle interno, além de lideranças empresariais, representantes do legislativo local e equipe do Sebrae/RJ, se reunirá mensalmente para deliberação e aprovação das ações a serem implantadas. Ao longo do ano, também serão realizadas quatro importantes reuniões com cada prefeito, para que essas ações sejam acompanhadas e ajustadas passo a passo.

Em formato de um game, o programa será uma disputa entre os municípios que estarão competindo em tempo real. Ao final do programa, os municípios serão classificados por desempenho. Todos os resultados, assim como informações, painéis e relatórios estarão disponíveis em publicação futura, aberta ao público para consulta.

Os demais municípios que participam do Programa são: Angra dos Reis, Araruama, Duque de Caxias, Volta Redonda, Itaperuna, Niterói, Nova Iguaçu, Campos dos Goytacazes, Petrópolis e Três Rios. Segundo pesquisa do “Data Sebrae”, essas regiões totalizam cerca de 230 mil empresas registradas no Estado do Rio de Janeiro, ou seja, 22% da atividade empresarial fluminense.

As expectativas do “Programa Cidades Empreendedoras” são: inserir a temática da micro e pequena empresa no PPA (Plano Plurianual) de cada município participante, assegurando que os pequenos negócios façam parte da agenda de governo; apoiar o desenvolvimento de políticas públicas municipais para a diminuição do tempo para abertura de empresas; aumentar o percentual das compras governamentais com micro e pequenos fornecedores; apoiar os municípios no cumprimento do percentual exigido por lei de 30% da compra da merenda escolar feita pelo agricultor familiar regional; disseminar o intra-empreendedorismo junto aos gestores e lideranças públicas municipais e apoiar a implementação e qualificação das salas do empreendedor nos municípios fluminenses.
Publicidade 2
  • Comentários
  • Comentários no Facebook
Item Reviewed: Reunião promovida pelo Sebrae marca o início do Programa Cidades Empreendedoras em Nova Friburgo, RJ. Rating: 5 Reviewed By: Portal Fri Notícias