As Últimas
Publicidade
28 de abr de 2017
Publicidade 2

Correios entram em greve, mas Nova Friburgo, RJ, não adere a paralisação.

A greve é contra a privatização, demissões e retiradas de direitos, além do fechamento de mais de 200 agências no país, segundo a Fentect.

Por: Nova Friburgo AM

Os trabalhadores decidiram entrar em greve, segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect).
 
A paralisação, segundo a entidade, é por tempo indeterminado, caso as negociações não avancem.
 
Foto: Divulgação
A greve é contra a privatização, demissões e retiradas de direitos, além do fechamento de mais de 200 agências no país, segundo a Fentect.
 
De acordo com a federação, dos 36 sindicatos filiados à entidade, 33 aderiram. Somente os estados Sergipe, Amapá e Roraima não participam.
 
Os funcionários das agências franqueadas, que são terceirizados, não participam da greve.
 
A empresa possui atualmente cerca de 6.500 agências próprias, além de mais de mil franqueadas.
 
Em nota, os Correios repudiam a paralisação, e afirmam que vão adotar medidas para garantir a continuidade dos serviços.
 
A instituição enfrenta uma grave crise econômica, e medidas para reduzir gastos estão em pauta.
 
A estatal afirma que teve prejuízo estimado de R$ 400 milhões no primeiro trimestre, após baque anual de cerca de R$ 2 bilhões em 2015 e 2016.
 
Também no ano passado, os Correios anunciaram um Programa de Demissão Incentivada para desligar oito mil servidores.
 
No entanto, apenas 5,5 mil aderiram ao programa. Em Nova Friburgo, no entanto, os funcionários dos Correios não vão aderir à greve.
 
A unidade do município conta com mais trabalhadores terceirizados do que contratados, e por isso, a rotina prossegue normalmente.
Publicidade 2
  • Comentários
  • Comentários no Facebook
Item Reviewed: Correios entram em greve, mas Nova Friburgo, RJ, não adere a paralisação. Rating: 5 Reviewed By: Portal Fri Notícias