As Últimas
Publicidade
10 de fev de 2017
Publicidade 2

Sebrae lança edital para seleção de consultores de crédito em todo país, com 36 vagas previstas para o estado do RJ.

Iniciativa, que é fruto de parceria com o Banco do Brasil, irá beneficiar empresas de 15 municípios da Região Serrana nos próximos dois anos

Por: Redação

O Sebrae está com inscrições abertas, até o dia 15 de fevereiro, para a seleção de consultores de crédito voltada ao atendimento de micro e pequenas empresas. 

Foto: Divulgação
As vagas serão destinadas somente para bancários aposentados que trabalharam em instituições financeiras nas áreas de análise de crédito e atendimento à pessoa jurídica, em especial, pequenos negócios. Em todo país, são mais de 510 vagas, das quais 36 são para o estado do Rio de janeiro.

Na Região Serrana, a seleção de profissionais para cooperação técnica do Sebrae/RJ abrange ações nos municípios de Nova Friburgo, Bom Jardim, Cachoeira de Macacu, Cantagalo, Cordeiro, Carmo, Duas Barras, Macuco, Santa Maria Madalena, São Sebastião do Alto, Sumidouro, Trajano de Moraes, Petrópolis, Teresópolis e São José do Vale do Rio Preto.

As inscrições devem ser feitas no site do Sebrae (www.sebraae.com.br) e a seleção será por análise de currículo e experiência comprovada. O resultado será divulgado em 9 de março. De acordo com o edital, os consultores vão orientar os empresários e avaliar a capacidade de endividamento dos pequenos negócios.
Os selecionados poderão assinar contrato com o Sebrae até dezembro de 2018 e a remuneração será de R$ 453 para cada empresa atendida pelo consultor, que deverá trabalhar na própria casa e, ao final de cada consultoria, emitir relatório comprovando o trabalho.
Com essa iniciativa, o Sebrae pretende atender em todo país mais de 70 mil micro e pequenas empresas que necessitam de orientação para contrair financiamentos em bancos, visando a melhoria da capacidade de investimento dos pequenos negócios. Além disso, a abertura de novas vagas para consultores tem como objetivo prestigiar uma categoria de profissionais com expertise e capacidade técnica.

O motivo do edital

No dia 18 de janeiro, o Sebrae firmou parceria com o Governo Federal e Banco do Brasil para reduzir a burocracia e orientar os empresários de pequenos negócios sobre como terem acesso a crédito da melhor maneira. Além disso, o objetivo também é simplificar a gestão de micro e pequenas empresas (MPE).

A iniciativa faz parte do programa: “Empreender Mais Simples - Menos Burocracia, Mais Crédito”, em que donos de pequenos negócios, que somam 98,5% das empresas do país, terão à disposição um total de R$ 8,2 bilhões – sendo R$ 1,2 bilhão por meio da linha Proger Urbano Capital de Giro, com recursos do Fundo do Amparo ao Trabalhador (FAT) e R$ 7 bilhões da linha “BNDES Capital de Giro Progeren”, que vão atender diretamente cerca de 40 mil empresas em dois anos.

Através do programa também serão investidos R$ 200 milhões no desenvolvimento e melhoria de dez sistemas para ajudar na desburocratização da gestão de empresas.

O programa também prevê o benefício da utilização de recursos do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe), pelo qual as empresas com faturamento bruto anual de até R$ 3,6 milhões podem garantir até 80% das operações. Por meio do Fampe, o Sebrae pode ser avalista complementar de financiamentos para pequenos negócios.

Objetivos da parceria

A parceria prevê soluções de financiamentos por parte do Banco do Brasil, com orientação e acompanhamento, antes e depois da concessão de crédito, por consultores do Sebrae em todo o país.

A intenção é promover o uso consciente dos recursos e a melhoria da gestão financeira das empresas, com redução de riscos de inadimplência. Com isso, as micro e pequenas empresas (MPE) terão acesso a capital de giro com menor custo, de forma mais ágil, a partir de fluxo diferenciado de análise e concessão de crédito pela instituição financeira.

Nestes casos, o Sebrae encaminha ao Banco do Brasiluma relação de empresas assessoradas pela instituição e após uma avaliação prévia, essas empresas são visitadas por consultores do Sebrae (escolhidos através do edital do processo seletivo). 

Constatada a necessidade real de crédito, o Sebrae encaminha a empresa ao Banco do Brasil para contratação do crédito com o cliente. Na fase pós-crédito, o Sebrae acompanha a empresa, oferecendo orientação quanto à melhoria da gestão empresarial.

A instituição atenderá gratuitamente dois perfis de empresários: o que deseja contratar capital de giro e aquele que já conseguiu financiamento, mas encontra sinais de risco de inadimplência.

Benefícios para os Pequenos Negócios

O“Proger Urbano Capital de Giro”possibilita que o empreendedor financie, com contratação simplificada, o prazo de pagamento de até 48 meses, isenção do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e taxas de juros a partir de 1,56% ao mês, com carência de até 12 meses para pagamento da primeira parcela do valor principal. Em contrapartida, a empresa deverá manter emprego e renda até um ano depois da operação e, se tiver acima de dez empregados, precisará contratar um jovem aprendiz até seis meses após a operação.

Pelo “BNDES Capital de Giro Progeren”, as MPE poderão financiar com prazo de até 60 meses, carência de até 12 meses e encargos totais a partir de 1,63% ao mês.

Dados de suma importância

Pesquisa do Sebrae mostra que os bancos não são a primeira opção de micro e pequenos empreendedores pata obtenção de crédito, apesar do custo menor. A dificuldade de gestão é apontada como maior impeditivo.

Em 2016, 83% dos empresários do segmento não procuraram os bancos e 52% preferiram negociar com seus próprios fornecedores, mesmo pagando juros mais altos. 
Publicidade 2
  • Comentários
  • Comentários no Facebook
Item Reviewed: Sebrae lança edital para seleção de consultores de crédito em todo país, com 36 vagas previstas para o estado do RJ. Rating: 5 Reviewed By: Portal Fri Notícias