As Últimas
Publicidade
25 de nov de 2016
Publicidade 2

Dia Nacional do Doador de Sangue é comemorado no Hemocentro de Nova Friburgo, RJ.

Dia foi comemorado nesta sexta, 25, com algumas novidades para os doadores. O hemocentro funciona em anexo ao Raul Sertã, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30
Por: Eloir Perdigão | Secom
O Hemocentro Regional Enfermeira Cassia Viviane Kale Martins, de Nova Friburgo, preparou algumas novidades para os doadores nessa sexta-feira, dia 25, Dia Nacional do Doador de Sangue. De acordo com a enfermeira Marluce da Fonseca Vieira, os doadores têm sido poucos, fazendo com que o estoque de sangue esteja baixo. Por isso, foi feita uma divulgação maior desse dia visando atrair mais doadores, ainda mais quando o fim de ano se aproxima, época na qual a demanda costuma ser maior devido ao número crescente de acidentes.
Foto: Secom/NF
- Este dia especial ajuda para que mais pessoas doem sangue -, salienta Marluce, que reforça a necessidade do aumento de doadores. Afinal, o hemocentro regional de Nova Friburgo atende outros 13 municípios, além das cirurgias cardíacas do Hospital São Lucas e o Hospital Maternidade Mário Dutra de Castro, ambos em Nova Friburgo. A enfermeira solicita que mais doadores dos municípios abrangidos façam suas doações de sangue.

Para doar não precisa estar em jejum, apenas não ingerir alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a doação. O hemocentro funciona em anexo ao Raul Sertã, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30. Magno Cezar da Silva, vigilante de 33 anos, era um dos doadores de sexta-feira. Ela fazia a doação pela terceira vez e mostrava-se satisfeito por contribuir. “Eu sei que uma bolsa pode servir para até quatro pessoas. É um tempo muito pequeno diante de um resultado tão grande”, comentou. Outro doador era José Geraldo Nogueira, pintor de obras de 46 anos. “É legal doar sangue, muito bom, é gratificante”, afirmou ele, que doava pela segunda vez, satisfeito por poder ajudar.

A enfermeira Marluce agradeceu a todas as empresas que colaboraram com o lanche dos doadores nessa sexta-feira. Nesse dia foram servidos, de modo especial, iogurte, panetone, torta e refrigerante, quando nos demais dias os doadores recebem suco, banana e pão com queijo.

O biólogo do hemocentro, Osvaldo Ortega, explicava o procedimento simples para doação de sangue. Ao chegar o doador preenche uma ficha, passa pela triagem, faz um teste e sendo considerado apto, faz um lanche e vai para a coleta. Após a doação recebe um lanche reforçado.

O sangue coletado é analisado e testado tanto no hemocentro de Nova Friburgo quanto no HemoRio, e, se aprovado, é aproveitado. Caso seja rejeitado, a bolsa é descartada e o doador solicitado por carta a comparecer ao hemocentro para ser comunicado. Mas tem direito a repetir o teste. Se o doador não for encontrado seu nome é informado à Vigilância Epidemiológica, da secretaria municipal de Saúde, para tentar localizá-lo e avisá-lo. O sangue coletado leva dois dias até ser aproveitado.

Osvaldo Ortega frisa que o ideal são 25 doadores diários, o que não tem ocorrido. Por isso, ele solicita que mais doadores compareçam ao hemocentro regional de Nova Friburgo, que opera com 25 funcionários, dois biólogos e dois médicos. De janeiro a novembro de 2015 foram feitas 2.275 doações. No mesmo período deste ano, foram 2.344, mais os 40 doadores de sexta-feira.

O Hemocentro de Nova Friburgo funciona de segunda a sexta, das 8h às 11h30, e está localizado na rua General Osório, 324 – Centro – ou pelo telefone: (22) 2523-9000, ramal 210​.
Publicidade 2
  • Comentários
  • Comentários no Facebook
Item Reviewed: Dia Nacional do Doador de Sangue é comemorado no Hemocentro de Nova Friburgo, RJ. Rating: 5 Reviewed By: Portal Fri Notícias