As Últimas
Publicidade
8 de ago de 2016
Publicidade 2

Miss Suíça foi recebida no Palácio Barão de Nova Friburgo, RJ.

Após ser recebida no Palácio do Barão, Lauriane Sallin visitou a Casa Suíça e a Queijaria Escola em Conquista. Ela fará parte das comemorações de 200 anos da cidade.

A Miss Suíça 2016, Lauriane Sallin, e Raphael Fessler, presidente da AFNF (Associação Fribourg-Nova Friburgo) chegaram pontualmente ao Palácio Barão de Nova Friburgo, sede da Prefeitura, às 9h30min. Esperados pelas autoridades municipais, a visita teve o objetivo de dar continuidade ao trabalho de aproximação entre os povos da cidade serrana do Estado do Rio e dos cantões suíços.

Lauriane Sallin disse estar feliz em poder voltar a Nova Friburgo em 2018. (Foto: Daniel Marcus/SecomNF)
O tema principal das conversas foi a festa em comemoração aos 200 anos de fundação de Nova Friburgo. Segundo Raphael, um grande grupo de suíços virá para a festa, entre 13 e 27 de agosto de 2018, e a miss suíça foi convidada para ser a madrinha oficial do evento: “estou muito feliz de estar em Nova Friburgo e de ser a madrinha dos 200 anos. Em minha cidade (Belfaux) conheço muitos descendentes das famílias que vieram para Friburgo”, disse Lauriane.
No domingo, 7 de agosto, Lauriane Sallin teve oportunidade de conhecer a Casa Suíça e a Queijaria e Chocolateria Escola, em Conquista. Muito simpática, a miss disse que lamentava ter pouco tempo para conhecer Nova Friburgo, mas que está feliz em poder voltar em 2018, para as comemorações dos 200 anos: “espero que na minha próxima visita eu possa estar mais próxima do povo”.
Dentre as autoridades presentes na recepção, o presidente do Sinduscon (sindicato da construção civil de Nova Friburgo), Joilson Wermelinger Araujo, falou aos suíços que a Fundação D. João VI quer que os 200 anos deixem um legado físico para o município. E o secretário municipal de Finanças, Juvenal Condack, descendente de suíços, também espera que a integração entre Fribourg e a cidade avance comercialmente: “que esses encontros surtam resultados lucrativos para ambos os povos”.
Raphael Fessler, por sua vez, disse que no dia da inauguração da Casa da Suíça na Lagoa (House of Switzerland 2016), dia 1 de agosto, pelas olimpíadas, que Nova Friburgo foi citada nos discursos dos governantes suíços. Segundo Fessler, a confederação helvética é a locomotiva que puxa os 11 vagões (os cantões suíços) e que “em Novembro começa a eleição para a nova presidência. A partir de 2017, as conversações sobre o projeto 200 anos terão início”, disse.
No domingo, na Casa da Suíça da Lagoa, o ambiente de negócios no Brasil foi tema de debate entre multinacionais suíças estabelecidas no país e instituições que promovem o intercâmbio comercial e tecnológico entre os países. O evento foi aberto pelo presidente da Confederação Suíça, Johann Schneider-Ammann, que disse que esteve em visita ao Brasil nos últimos dias e que ficou muito feliz com o que foi discutido com o Ministério de Relações Exteriores sobre os avanços de um acordo de livre comércio [entre o Mercosul e Associação Europeia de Livre-Comércio, composta pela Suíça e Noruega, Islândia e Liechtenstein].
Já no painel institucional, Jean-Luc Mossier, diretor do Canton Fribourg Development Agency, apresentou iniciativas para promover cooperação entre o Cantão de Fribourg e o Brasil.
Estiveram presentes no gabinete para a recepção da miss suíça a secretária de Gabinete Bruna Macário Cabral, o secretário de Comunicação Bruno Feder Mayer, a secretária de Cultura, Maria Cristina Sacchetto, o secretário de Finanças, Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Juvenal Condack, o secretário de Turismo, Nauro Grehs. O vereador Alexandre Cruz representou o presidente da Câmara Municipal, Márcio Damázio.

Texto: Antônio Mauro
Publicidade 2
  • Comentários
  • Comentários no Facebook
Item Reviewed: Miss Suíça foi recebida no Palácio Barão de Nova Friburgo, RJ. Rating: 5 Reviewed By: Portal Fri Notícias