As Últimas
Publicidade
28 de dez de 2015
Publicidade 2

Friburgo, RJ, traça estratégias para combater o mosquito Aedes aegypti

Reunião nesta segunda (28) reuniu Defesa Civil e secretaria de Saúde.
Meta é visitar 100% das casas até o dia 31 de janeiro.


A Prefeitura de Nova Friburgo, Região Serrana do Rio, montou um gabinete de crise para combater o mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão da dengue, chikungunya e zika vírus, além da microcefalia. Nesta segunda-feira (28), as secretarias de Defesa Civil e Saúde, promoveram a primeira reunião para tratar das ações e mobilização e combate ao mosquito.

A reunião aconteceu no gabinete do secretário de Defesa Civil, João Paulo Mori, e contou com o subsecretário Robson Teixeira e com o gerente Hamilton Tuller, além da subsecretária de Vigilância em Saúde, Fabíola Braz Penna.

A ação do município segue o Plano Nacional de Enfrentamento à Microcefalia, do Ministério da Saúde, e da campanha “10 minutos salvam vidas”, instituída pelo governo estadual. De acordo com o secretário de Defesa Cicil, coronel João Paulo Mori, a meta é que até o dia 31 de janeiro, 100% das residências da cidade sejam vistoriadas pelos agentes de endemias, com reforço dos agentes comunitários de Defesa Civil.

Ainda de acordo com Mori, a ideia de intensificar o combate aos focos de dengue se deve ao período com maior incidência da doença que são os meses de março, abril e maio."Vamos contar com a ajuda de 30 agentes da Vigilância Sanitária, 60 agentes da Defesa Civil, além do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Tiro de Guerra e outras instituições", afirmou, lembrando que a prioridade de visitação são os imóveis com caixa d'água aberta e outros possíveis focos.

O objetivo do plano é orientar a atuação das salas de coordenação e controle para realização de ações integradas para intensificar a campanha de combate ao mosquito de dezembro de 2015 a junho de 2016, inspecionar todos os domicílios em instalações públicas e privadas urbanas até 31 de janeiro de 2016, por meio de força-tarefa com a participação de agentes de combate a endemias, agentes comunitários de saúde, forças armadas, defesa civil, bombeiros e policiais militares e realizar inspeções mensais até fevereiro, e bimestrais, de março a junho de 2016, por meio de força- tarefa.


Fonte: G1 Região Serrana
Publicidade 2
  • Comentários
  • Comentários no Facebook
Item Reviewed: Friburgo, RJ, traça estratégias para combater o mosquito Aedes aegypti Rating: 5 Reviewed By: Portal Fri Notícias