As Últimas
Publicidade
18 de nov de 2015
Publicidade 2

Festival suíço tem sua primeira edição realizada em Teresópolis, no RJ

Spencer Chaplin, Marc Swaye, Armandinho e Octavio Liochi se apresentam.
Evento acontece nesta sexta-feira (19), a partir das 21h, na Vila St. Gallen.


Teresópolis, na Região Serrana do Rio, recebe nesta sexta-feira (19) a 1ª edição da Jan Session de Montreaux no Brasil. O festival reúne ritmos brasileiros e internacionais, como jazz, blues, rock, música clássica, bossa nova e MPB. O evento, que acontece desde 2012 na Suíça, já teve a participação de Alcione, Gilberto Gil, João Donato e Jaques Morelenbaun. A primeira edição da atração no Brasil conta com nomes como Spencer Chaplin (neto de Charles Chaplin), Marc Swaye, Armandinho Macedo e Octavio Liochi.

Armandinho e Spencer Chaplin são atrações do evento (Foto: Divulgação/RPM)

O festival leva para as ruas da cidade suíça a pluralidade da música brasileira. O evento anual reúne músicos suíços e brasileiros, que levam para a Montreux os mais variados estilos musicais. A edição deste ano contou com a participação de Seu Jorge, Mariene de Castro, Quabales e Marivaldo Du Stomp. Segundo a idealizadora do evento, a brasileira Joelcia Gerber, que mora há 15 anos na Suíça, foi a saudade da terra natal a inspirou a realizar uma atração que levasse um pouco do Brasil para seu país.

"Desde que mudei para região de Montreux, me senti inspirada por toda essa energia musical. Esse cenário, a saudade do meu país e o interesse local pela cultura brasileira me motivaram a criar a Jam Session de Montreux. É um grande orgulho poder voltar ao Brasil e levar um pouco da história do festival, já consagrado na Suíça”, afirma Joelcia.

Os shows acontecem na Vila St. Gallen, que fica no número 166 da Rua Augusto do Amaral Peixoto, no Alto, a partir das 21h e os ingressos custam R$ 20.

Os músicos da atração
Marc Sway - 
cantor suíço com carreira consolidada no mercado americano e europeu (quatro álbuns lançados). Sway é um fecundo vocal multieclético nas suas influências musicais e artísticas, dialogando com o rock até o samba.

Spencer Chaplin - o músico suíço é neto do Charles Chaplin. Desde a adolescência sofreu influência de uma infinidade de grupos de brit-pop, do blues e seus derivados. Tem um repertório de standards blues, rock, rock’n roll e rythm and blues.

Armandinho Macedo - filho do criador do trio elétrico, o grande projeto popular de democratização do som carnavalesco, Osmar Macedo, Armandinho é um instrumentista baiano com uma ininterrupta e reconhecida trajetória musical que em 2015 completa 51 anos. Em 1969, aos 15 anos gravou seu primeiro LP de música instrumental. Além de ter divulgado o som internacionalmente o som da sua guitarra baiana, o músico é exímio bandolinista. O músico já teve duas indicações ao Grammy Latino por seus álbuns gravados.

Octávio Liochi - Cantor, músico e compositor iniciou seus estudos musicais aos 9 anos. Apaixonado pela Bossa Nova e pela MPB, fez dos palcos suíços e vizinhos a sua residência artística. Na sua história musical naquele país já dividiu palco com artistas como Jacques Morelenbaum, Armandinho Macêdo, Joao Donato e outros.


Fonte: G1 Região Serrana
Publicidade 2
  • Comentários
  • Comentários no Facebook
Item Reviewed: Festival suíço tem sua primeira edição realizada em Teresópolis, no RJ Rating: 5 Reviewed By: Portal Fri Notícias