As Últimas
Publicidade
1 de jun de 2015
Publicidade 2

Projeto de pesquisa pretende expandir fruticultura na Serra do Rio

Proximidade com o Grande Rio é vantagem comercial da região.
Ideia é introduzir cerca de 20 novas espécies de fruteiras em 9 municípios.


Cultivo de citrus vem sendo experimentado em
Duas Barras (Foto: Divulgação/Emater-Rio)
Um novo projeto de pesquisa da Pesagro-Rio, desenvolvido em parceria com a Emater-Rio, a Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) e com apoio dos programas Frutificar e Rio Rural, ambos da Secretaria estadual de Agricultura, pretende expandir a fruticultura na Região Serrana do Rio com o objetivo de aumentar o abastecimento de frutas no mercado consumidor fluminense. A iniciativa visa ampliar os resultados de pesquisas sobre fruteiras na Serra, reduzir a utilização de agrotóxicos e elevar a renda dos agricultores familiares.

A perspectiva do atual projeto é introduzir cerca de 20 novas espécies de fruteiras em oito municípios da serra fluminense e em Cachoeiras de Macacu, na Região Metropolitana. O trabalho é coordenado pelos pesquisadores da Pesagro-Rio, Alcílio Vieira e Maria Fernanda Fonseca. A ação é um desdobramento de projeto semelhante, encerrado em 2011, quando cinco experimentos foram integrados ao Núcleo de Pesquisa Participativa do Programa Rio Rural.

Levantamento do Centro Estadual de Pesquisa em Desenvolvimento Rural Sustentável da Pesagro-Rio aponta que o Estado do Rio de Janeiro importa, anualmente, mais de R$ 1 bilhão em frutas de outros estados brasileiros, inclusive do exterior. Para incrementar essa cadeia produtiva, serão adquiridas quase 10 mil mudas de 260 variedades, beneficiando 93 produtores até o final de 2016.

“A Região Serrana possui condições favoráveis para esse tipo de cultivo, tanto no que se refere ao clima, solo, topografia e mananciais hídricos. Além disso, possui menor incidência de pragas e doenças em comparação com outras áreas”, afirmou Alcílio.

Produção de maracujá na cidade de Sumidouro já
conta com incentivo da Emater-Rio. (Foto:
Divulgação/Emater-Rio)
Paralelamente, também haverá incentivo ao cultivo de frutas orgânicas e de base agroecológica.

“A ideia é implantar diferentes coleções de fruteiras, tendo acompanhamento agronômico desde o plantio até a colheita. Serão promovidas também excursões e dias de campo em viveiros e nas áreas que receberem a pesquisa, sempre com a participação dos técnicos, dos agricultores envolvidos e de outros colaboradores”, explicou o engenheiro agrônomo Martinho Belo, gerente estadual de Fruticultura da Emater-Rio.

Além da comercialização convencional e orgânica, a Pesagro-Rio identificou a possibilidade de escoamento através dos mercados corporativos e institucionais, como o PAA (Programa de Aquisição de Alimentos) e o PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar), que priorizam a compra diretamente dos agricultores. As primeiras mudas foram recentemente compradas no Estado de São Paulo e parte já começou a ser distribuída nos municípios de Cachoeiras de Macacu, Nova Friburgo e Sumidouro. Além delas, integram o projeto as cidades de Teresópolis, Duas Barras, Cordeiro, Bom Jardim, São José do Vale do Rio Preto e Trajano de Moraes.


Fonte: G1 Região Serrana
Publicidade 2
  • Comentários
  • Comentários no Facebook
Item Reviewed: Projeto de pesquisa pretende expandir fruticultura na Serra do Rio Rating: 5 Reviewed By: Portal Fri Notícias