As Últimas
Publicidade
17 de nov de 2014
Publicidade 2

Moto pega fogo e quase atinge a Fundação de Cultura de Petrópolis, RJ

Caso aconteceu no Centro Histórico da cidade.
Veículo estava estacionado em frente ao imóvel.


O proprietário da moto acha que o veículo foi
incendiado (Foto: Andressa Canejo/G1)
O fogo de uma motocicleta em chamas por pouco não atingiu o prédio da Fundação de Cultura e Turismo de Petrópolis, na Região Serrana do Rio. O veículo, que pertence ao gerente de políticas públicas da Secretaria, Saturnino Dias de Oliveira, estava estacionado desde o sábado (15) em frente ao prédio. O fogo teria começado na madrugada de domingo (16), pouco depois de 1h40, quando o vigia do espaço percebeu que a moto estava em chamas, que chegaram a cerca de cinco metros de altura. O vigia conseguiu conter o incêndio até a chegada do Corpo de Bombeiros.

O segurança usou quatro extintores, o que contribuiu para que o fogo não se alastrasse ainda mais e atingisse o prédio, evitando transtornos maiores. Ainda assim, parte das plantas que decoram uma fachada do imóvel e as árvores no entorno chegaram a ter partes danificadas. Segundo o proprietário da moto, uma moradora de um prédio vizinho à Fundação teria ido à janela e visto o fogo, que ela acreditava estar atingindo a secretaria de Cultura. Saturnino contou que foi ela quem acionou os bombeiros, que chegaram rapidamente ao local. A moradora viu, também, a rápida ação do vigia.


Algumas plantas da fachada e das árvores no
entorno do prédio foram atingidas pelo fogo
(Foto: Andressa Canejo/G1)
“Ela viu ele descer correndo as escadas da entrada principal da Fundação, ver a motocicleta em chamas, voltar com um extintor e fazer isso mais três vezes. Graças a atitude do segurança isso não tomou proporções maiores, como a explosão da moto, que estava com o tanque cheio, ou mesmo atingir de fato o prédio, causando a explosão dos vidros e destruindo o imóvel”, contou Saturnino. O funcionário da Fundação conta que trabalhou no sábado e deixou a moto no local de trabalho por conta da chuva que caía na cidade na hora de ir embora.

De acordo o chefe da equipe de campo da Guarda Civil, Eliel Silveira, que teve acesso às imagens da câmera de segurança no prédio da Fundação, às 1h40 a moto aparece estacionada normalmente e cinco minutos depois já estava em chamas.

“A câmera faz um giro de 360 graus. Vemos a moto parada no horário de 1h40. Chovia muito, o que até dificulta a imagem. Mas quando volta, às 1h45, já vemos o clarão do veículo em chamas. Às 1h51 vemos uma pessoa com o extintor tentando controlar o fogo. Em todas as imagens não vemos ninguém no entorno da praça, que estava deserta”, revelou.


Lixeiras no Centro também foram incendiadas
(Foto: Arquivo pessoal/Saturnino Dias de Oliveira)
Embora a câmera não tenha flagrado nenhum suspeito de atear fogo no veículo, o proprietário acredita que o incêndio tenha sido provocado por vândalos, já que algumas lixeiras públicas que ficam próximas ao local foram incendiadas.

“Só a perícia vai dizer, mas é estranho aparecer lixeiras queimadas no mesmo dia e perto do local da moto”, comentou Saturnino. Ele conta que o porteiro do prédio em frente a uma das lixeiras queimadas, na Rua Irmãos D'Ângelo, relatou que um grupo de rapazes teria ateado fogo na lixeira na madrugada de domingo, por volta de meia-noite e meia.

A motocicleta, que de acordo com o proprietário custa cerca de R$ 15 mil, é personalizada e, por isso, não possui seguro. Ele fez o Registro de Ocorrência (RO) na 105ª Delegacia de Polícia, no Retiro, no domingo (16). O proprietário aguarda o laudo da perícia, que foi feita nesta segunda-feira (17). O proprietário também acionou a secretaria municipal de Segurança Pública solicitando as imagens da câmera de segurança.

Em nota, a Secretaria de Segurança informou que o município acaba de criar o programa 'Olho Vivo', que tem como objetivo coibir as ações de vandalismo na cidade. Homens da Guarda Civil de Petrópolis estão empenhados fazendo o acompanhamento das imagens das câmeras de segurança 24 horas por dia, monitorando e acionando as equipes de segurança para ir aos locais das ocorrências. No caso da moto incendiada nas imediações da Fundação de Cultura e Turismo, as imagens estão sendo analisadas.


Fri Notícias/G1 Região Serrana
Publicidade 2
  • Comentários
  • Comentários no Facebook
Item Reviewed: Moto pega fogo e quase atinge a Fundação de Cultura de Petrópolis, RJ Rating: 5 Reviewed By: Portal Fri Notícias