As Últimas
Publicidade
13 de jul de 2014
Publicidade 2

Nova Friburgo, RJ, recebe mais uma edição do Encontro Sesc de Dança

Evento acontece há 26 anos e começa na quarta-feira (16). Grandes nomes da dança se apresentarão na cidade.

Cícero Gomes e Karem Mesquita participam do evento (Foto: Divulgação/Sesc)

O Encontro Sesc de Dança de Nova Friburgo, Região Serrana do Rio, chega a mais uma edição mostrando porque é referência do gênero em todo o estado. Este ano, o evento completa 26 anos e começa nesta quarta-feira (16) com uma programação imperdível para quem é amante da dança e das artes. A exemplo de outras edições, quando trouxe à cidade grandes nomes da dança nacional, durante cinco dias, a cidade será palco para o que há de melhor nessa manifestação artística do país.

Dançarino Ivan Duarte mostra seu talento em Nova
Friburgo (Foto: Divulgação/Sesc)
"O Encontro Sesc de Dança se consolidou como um dos principais eventos do gênero no Rio de Janeiro, por trazer na sua programação, ao longo desses 26 anos, o que há de melhor no Estado do Rio e em outras partes do país", explica a técnica de Cultura do Sesc Nova Friburgo, Fátima Zarife

O destaque desta edição fica por conta das companhias profissionais. A Cia da Ideia, do Rio de Janeiro, abre o Encontro nesta quarta com o espetáculo “Será!?”, que estreou em 2012 e já foi apresentado em espaços público da capital fluminense, São Paulo e Vitória (ES). A companhia volta ao palco no dia seguinte com “Batuque Contemporâneo”, elogiado espetáculo que passou por tradicionais espaços do Rio de Janeiro, como o Teatro NET e o Teatro Ziembinski.

A Sesc Cia de Dança, de Belo Horizonte (MG), que estreou em 2013, apresenta três espetáculos, um deles é “São como palavras”, assinado por Henrique Rodovalho, renomado dançarino e coreógrafo autor de “No singular”, da Cia Quasar (GO), que também será apresentado pela companhia goiana no encerramento do encontro no domingo (20).

Espetáculo Batuque Contemporâneo promete
encantar o público (Foto: Thomas Breit)
Companhias friburguenses marcarão presença no evento, como Estação da Dança, com o espetáculo “Fique à vontade”, e Studio 3 Núcleo de Artes e Dança, com “ELA”. O público também poderá conhecer o trabalho de companhias que possivelmente despontarão no cenário da dança no Rio de Janeiro, já que o evento, ao longo dos anos, se consolidou como um celeiro de grupos que hoje fazem sucesso nos palcos profissionais. Na edição deste ano, a programação conta com a apresentação de 26 companhias amadoras.

Além disso, o 26º Encontro Sesc de Dança terá atividades formativas. A programação, que se estende até o dia 20, envolve oficinas de dança com profissionais de renome como Sueli Guerra (coreógrafa do musical “Tim Maia – Vale Tudo), Rosinha Pulitini (bailarina solista do Theatro Municipal do Rio de Janeiro) e Caio Nunes (preparador corporal de diversos artistas de televisão, cinema e teatro). Este último também conduzirá um bate-papo ao lado de Fábio de Mello sobre “A pluralidade da profissão da dança”. Toda a programação tem entrada franca.

Confira a programação completa:

Dia 16 de julho
14h30: “Será” (Cia da Idéia RJ)
Dois bailarinos são inseridos no cotidiano de uma cidade, em locais de grande concentração de pessoas e entram em contato direto com os transeuntes, causando um estranhamento por onde passam.
Praça Getúlio Vargas


Dia 17 de julho
9h às 10h30: (Sala de dança) Oficina de ballet clássico (Rosinha Pullitini)
10h30 às 12h: Oficina de percussão e movimento consciente através da dança (Sueli Guerra)
14h às 18h (miniauditório): Vídeos sobre dança
20h (quadra): Sesc Cia de Dança – MG- “Oblivion”
Música homônima de Astor Piazzolla é coreografada a partir da dança contemporânea e da busca por nuances do tango para integrar música e movimento
- “São como palavras”
O encontro proporcionado pelo movimento de cada artista atua como palavras que ajudam a construir este texto coreográfico, assinado pelo renomado coreógrafo Henrique Rodovalho
- “Grand Pas de Deux Don Quixote”
Clássico de Cervantes, coreografado por Marius Petipa (1818-1910), recebe releitura de Luciana Davi e Helenilson Ferreira
- “Fique a Vontade” (Estação da Dança – Nova Friburgo)
- “Batuque Contemporâneo” (Cia da Idéia RJ)
Música e Dança, duas linguagens que têm uma relação aparentemente óbvia, aqui tomam outro caráter, outro olhar, onde o músico também constrói a coreografia, e os bailarinos dão ritmo às músicas.


Dia 18 de julho
9h às 10h30: Oficina de ballet clássico (Rosinha Pulitini)
10h30 às 12h: Oficina de percussão e movimento consciente através da dança (Sueli Guerra)
14h às 18h: Vídeo sobre dança
15h: Bate-papo com Fábio de Mello e Caio Nunes – “A pluralidade da profissão da dança”
17h (teatro): Solos e duos de companhias amadoras
19h (quadra): “Clássicos de Ballet” – Cícero Gomes e Karen Mesquita
“Grand pas de deux  de La Bayadere”
Música: Ludwing Minkus
Coreografia: Marius Petipa
“Pas de deux Capricho”
Música: Capricho de Paganini
Coreografia: Tindaro Silvano
Companhias amadoras


Dia 19 de julho
9h às 10h30: Oficina de Ballet clássico (Rosinha Pulitini)
10h30 às 12h: Oficina de Modern Jazz (Caio Nunes)
14h às 18h: Vídeos sobre dança
19h (quadra) – “Orquestra Viva” (Projeto Social Dançar a Vida – RJ)
Há 15 anos projeto vem exportando jovens talentosos bailarinos para o mundo inteiro. Atualmente, ex-alunos atuam profissionalmente em importantes Companhias internacionais como Royal Ballet de Londres  (Inglaterra), San Francisco Ballet  (EUA) , Cia de Ballet de Nice (França), Cia de Salzsburg (Austria), Cia de Ballet de Boston (EUA) e Ballet Dortmund  (Alemanha). Companhias amadoras


Dia 20 de julho
9h às 10h30: Oficina de ballet clássico (Rosinha Pulitini)
10h30 às 12h: Oficina de Modern Jazz (Caio Nunes)
14h às 18h (miniauditório/teatro): Vídeos sobre dança
12h30 (Praça Dermerval Barbosa Moreira): “Piquenique”, Atelier de Coreografia - RJ
14h (Praça Dermerval Barbosa Moreira): “Jam 1MM of All That” - Cristian Duarte e The Collective Jazz - SP
Na performance propõe-se um olhar vintage tomando o Jazz Dance como objeto, referência e contexto. A performance explora a plasticidade de um passo - o grapevine - e se desenvolve através de um promenade emocionado e suas variedades de presença.
Cias Amadoras
16h (teatro): “Chapeuzinho Amarelo” (Cia Jovem Social Dançar a Vida RJ)
Há 15 anos projeto vem exportando jovens talentosos bailarinos para o mundo inteiro. Atualmente, ex-alunos atuam profissionalmente em importantes Companhias internacionais como Royal Ballet de Londres  (Inglaterra), San Francisco Ballet  (EUA) , Cia de Ballet de Nice (França), Cia de Salzsburg (Austria), Cia de Ballet de Boston (EUA) e Ballet Dortmund  (Alemanha).
19h (quadra): “ELA” (Studio 3 Núcleo de Artes e Dança de Nova Friburgo)
Através de um personagem que poderia ser qualquer um de nós, o espetáculo propõe questionar e evidenciar a importância do sexo feminino no cotidiano.
“No Singular” (Quasar Cia de Dança – Goiânia)
Coreógrafo Henrique Rodovalho provoca uma reflexão sobre a velocidade e a simultaneidade da informação no mundo contemporâneo, explorando o excesso de conteúdos a que somos expostos diariamente.



Fri Notícias/G1.com
Publicidade 2
  • Comentários
  • Comentários no Facebook
Item Reviewed: Nova Friburgo, RJ, recebe mais uma edição do Encontro Sesc de Dança Rating: 5 Reviewed By: Portal Fri Notícias