As Últimas
Publicidade
27 de ago de 2013
Publicidade 2

Trajano de Moraes, RJ, participa de monitoramento de corpos hídricos

Iniciativa visa estimular preservação ambiental. Projeto será desenvolvido em outras cidades do estado.

Crianças são responsáveis pelo andamento do
projeto (Foto: Divulgação)
Trajano de Moraes, Região Serrana do Rio, é o primeiro município fluminense a colocar em prática uma iniciativa que irá estimular ações de preservação ambiental e prevenção à saúde, com a participação efetiva de estudantes da rede pública e de agricultores familiares. Trata-se de um projeto de monitoramento da qualidade dos principais corpos hídricos (rios, bacias e nascentes) do estado do Rio, que será desenvolvido através de parceria entre as secretarias estaduais de Educação, Agricultura e Pecuária, com apoio da Emater-Rio, Pesagro-Rio e do programa Rio Rural. O lançamento aconteceu na última semana, na localidade Maria Mendonça, na microbacia Alto Macabu.

Em todo o estado, serão 25 pontos a serem analisados, sendo 16 sob responsabilidade das unidades de ensino e, outros nove, a cargo de produtores rurais. De acordo com a assessora técnica do Rio Rural, Rita de Almeida, o objetivo do trabalho é criar ações de responsabilidade social para estabelecer ajustes na relação entre o homem e a natureza. “Será um processo participativo, utilizando ferramentas simples e baratas, para a obtenção de dados que contribuirão significativamente para a melhoria da qualidade de vida da população envolvida”, explicou.

Em Trajano de Moraes, os estudantes batizaram o trabalho como “Rio Macabu em Ação: Conhecimento, História e Vida”. Durante 12 meses consecutivos, os alunos dos ensinos fundamental e médio irão coletar amostras da água da chuva e do Rio Macabu em 11 pontos distintos, com auxílio de um ecokit, entre a nascente e a Cachoeira da Amorosa, já no limite com Conceição de Macabu. As visitas aos pontos de coleta serão orientadas pelos técnicos da Defesa Civil municipal e da Emater-Rio. Já os trabalhos pedagógicos serão coordenados diretamente pelos professores de Ciências (ou Biologia), História e Geografia.

Para a pesquisadora do Centro Estadual de Pesquisa em Sanidade Animal da Pesagro-Rio, Lilian Santos Carvalho, a água representa o elo com o passado e um compromisso com o futuro dessa e das próximas gerações. “Todos nós precisamos preservar esse recurso natural. Esse trabalho tem um significado cultural, simbólico e socioeconômico para todas as localidades envolvidas”, concluiu a bióloga, que analisará as amostras de água coletadas.


Fri notícias/G1.com
Publicidade 2
  • Comentários
  • Comentários no Facebook
Item Reviewed: Trajano de Moraes, RJ, participa de monitoramento de corpos hídricos Rating: 5 Reviewed By: Portal Fri Notícias