As Últimas
Publicidade
26 de ago de 2013
Publicidade 2

Números da operação Lei Seca em Friburgo foram os maiores do Estado

116 carros foram notificados por irregularidades. Ao todo, 49 carteiras foram apreendidas.


A operação aconteceu na Avenida Euterpe
Friburguense (Foto: Anderson Boy/Divulgação)
O Detran, em parceria com a Autarquia Municipal de Trânsito (Autran) de Nova Friburgo, Região Serrana do Rio e Policia Militar, realizaram neste final de semana a Operação Lei Seca na cidade. O município, que recebeu a operação pela primeira vez, apresentou números alarmantes, preocupando as autoridades. De acordo com o superintendente da Autran, Hudson de Aguiar Miranda, as operações continuarão intensificadas. Para ele, as operações estão sendo positivas a fim de evitar acidentes e mortes, pois retiram os infratores das ruas. Porém, os números elevados de infrações cometidas no trânsito de Nova Friburgo preocupam.

Durante o final de semana de operações da Lei Seca, 116 automóveis foram notificados por irregularidades, como a falta do uso do cinto de segurança, condutores ao celular, crianças no banco da frente, documentação atrasada e outras irregularidades no veículo. Os condutores que tentavam burlar a blitz parando o carro antes eram conduzidos ao teste do etilomêtro. Segundo o capitão Cavalcante, coordenador da operação, os números durante a operação em Nova Friburgo foram os maiores do Estado do Rio.


Motoristas passaram pelo teste do etilômetro
(Foto: Anderson Boy/Divulgação)
O número de condutores embriagados também foi considerado preocupantes. Ao todo, 10 motoristas foram pegos em flagrante, com mais de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar e precisaram ser conduzidos para a delegacia. Outros 10, se negaram a fazer o teste do etilômetro e respondem criminalmente, além de pagar a multa de R$ 1.915,40. Com isso, 49 carteiras de motorista foram apreendidas e 30 veículos conduzidos para o pátio da Autran. O limite permitido para que o condutor não seja multado é de 0,05 miligramas de álcool por litros de ar.

A infração por dirigir alcoolizado é considerada gravíssima. O condutor perde 07 pontos na carteira e fica impossibilitado de dirigir por um ano. Após esse período, o motorista passa por reciclagem em autoescola para voltar a ter o direito de dirigir. Caso fosse detectado algum crime de trânsito – mais de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar - a pena seria de detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão temporária da carteira de motorista ou proibição permanente de se obter a habilitação.


Fri Notícias/G1.com
Publicidade 2
  • Comentários
  • Comentários no Facebook
Item Reviewed: Números da operação Lei Seca em Friburgo foram os maiores do Estado Rating: 5 Reviewed By: Portal Fri Notícias